top of page

Novas medicações e avanços tecnológicos são destaques em Congresso de Endocrinologia


Terminou hoje, 7 de setembro, o 35º Congresso Brasileiro de Endocrinologia e Metabologia.


Promovido pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), o evento aconteceu em São Paulo, no Centro de Convenções Transamérica, desde o dia 3, e reuniu cerca de cinco mil congressistas de todas as partes do Brasil e do exterior em um evento presencial, após dois anos de espera devido à pandemia.


O Dr. Daniel Lerario esteve no evento acompanhando a programação científica, que trouxe atualização médica e inovação tecnológica, com base nas melhores evidências científicas e boas práticas clínicas, além de uma grande área para exposição.


“O evento apresentou diversas informações interessantes, revisitando assuntos já conhecidos, mas também trazendo inovações e abordando perspectivas futuras”, adianta o Dr. Daniel.


Entre os destaques da programação, novas medicações e avanços tecnológicos para monitoramento de doenças como o diabetes, bem como pesquisas de medicações para o tratamento para a obesidade.


“Para a obesidade, há perspectivas muito interessantes sobre o que vai ser o futuro, com diversos medicamentos em estudos em fase avançadas, com resultados surpreendentes.


O Dr. Daniel também adianta novidades sobre os avanços que devem chegar no tratamento do câncer de tiroide.


“Em breve, possivelmente teremos inovações no controle do nódulo tiroidiano. São novas abordagens na investigação dos nódulos de tireoide, visando minimizar indicações cirúrgicas desnecessárias. Também no evento houve atualizações sobre a reposição hormonal em homens e mulheres e novos medicamentos para tratar a osteoporose”, adianta.


As novidades não param por aí. O Dr. Daniel participou de discussões sobre o uso da tecnologia para monitoramento do diabetes, tanto tipo 1 como tipo 2, e nova medicação para diabetes tipo 2. Em relação à osteoporose, há também medicações novas surgindo.


“O mais importante é assegurar que está havendo atualização nas mais diversas áreas da endocrinologia, conceitos novos, perspectivas muito interessantes, tanto na abordagem, como na investigação e no tratamento”, avalia.

Comentarios


bottom of page