Vacinação

Vacinação
vacinar

A Clínica Daniel Lerario conta com todas as vacinas do calendário adolescente-adulto de imunização.

Folder Vacinas.jpg

As vacinas revolucionaram a medicina porque, atualmente com bases científicas inequívocas, evitam males infecciosos a milhões de pessoas pelo mundo e seguem em constante evolução.

Infelizmente os dados estatísticos revelam que em nosso país, independentemente da classe social, a maioria dos adultos não está com o calendário vacinal atualizado, colocando em risco assim a sua própria saúde e de idosos e crianças que são mais vulneráveis.

 

Relembre o calendário de vacinação Adolescente-Adulto:

Tríplice Bacteriana Acelular
dTpa (Difteria, Coqueluche e Tétano)
Esta vacina imuniza contra 3 tipos de doenças bacterianas:

Difteria
Doença bacteriana grave que causa infecção na garganta com o surgimento de placas na orofaringe, podendo atingir também o coração, o sistema nervoso central, os rins e o fígado.

Coqueluche
Doença muito grave para bebês por causar infecção do trato respiratório, caracteriza-se por acessos de tosse intensos com prejuízo significativo do estado geral. Ocorre também em adultos, na maioria das vezes somente com quadros de tosse seca prolongada.

Tétano
Doença bacteriana rara, virtualmente inexistente em países desenvolvidos graças à vacinação. Ocasiona quadro grave de contrações e espasmos musculares que podem levar ao óbito. Geralmente ocorre após ferimentos externos contaminados com terra, poeira, fezes de animais ou humanas.

É necessário tomar a vacina tríplice bacteriana para adultos 1 vez após 14 anos de idade e fazer reforços a cada 10 anos.
 
Meningocócica ACWY e Meningocócica B
Meningite é o processo inflamatório e/ou infeccioso das membranas que envolvem o cérebro, doença gravíssima que pode ter consequências severas. A meningite bacteriana é a mais grave das meningites e pode ser causada pelas bactérias meningococos dos tipos A, B, C, W e Y. Para estar imunizado contra a meningite bacteriana deve-se tomar as vacinas Meningocócica ACWY e Meningocócica B e seus respectivos reforços.

HPV Quadrivalente
O Papilomavírus humano, mais conhecido pela sigla HPV, é um vírus transmitido pela via sexual, capaz de provocar verrugas genitais e os cânceres do colo do útero, ânus, pênis e orofaringe. A indicação da sociedade Brasileira de Imunologia é iniciar a vacinação de meninos e meninas contra o HPV aos 9 anos de idade. Indicamos a vacina quadrivalente por ser a mais completa e poder ser aplicada em homens e mulheres.
 
Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba e Rubéola)
Combate o sarampo, a caxumba e a rubéola, doenças quase erradicadas da população graças à estratégia de controle e vacinação , infelizmente nos últimos anos voltaram a haver surtos destas doenças porque parte da população deixou de se vacinar ou pela entrada no Brasil de indivíduos não vacinados. Por isso é tão importante que crianças, adolescentes e adultos estejam protegidos, ajudando a combater de vez essas doenças.
É considerado protegido quem toma 2 doses da vacina  com intervalo de 1 mês entre as doses.

Varicela (Catapora)
A catapora, embora não seja uma doença grave é altamente contagiosa, tem grande duração e é muito incomoda e restritiva. Por isso, todas as crianças, adolescentes e adultos que não tiveram catapora devem ser vacinados. São necessárias 2 doses para estar protegido.
 
Hepatite A, Hepatite B e Hepatite A+B
A hepatite é uma grave inflamação no fígado causada por vírus (A ou B) que pode trazer sérias complicações como cirrose, falência hepática ou câncer de fígado.
Hoje em dia , além das vacinas específicas para hepatite A ou B existe também a vacina conjugada que traz imunização contra os vírus A e B.
 
Herpes Zóster
A vacina protege contra o herpes zóster, popularmente conhecido como “cobreiro”, e sua principal complicação, a neuropatia pós-herpética, responsável por dor crônica, prolongada, de difícil controle e extremamente debilitante.
O herpes zóster é causado pelo mesmo vírus da catapora que pode ficar latente no corpo da pessoa por diversos anos até que ela esteja mais debilitada. A vacina é indicada para todas as pessoas acima de 50 anos de idade, inclusive as que já tiveram o herpes zóster.

Pneumocócica
A vacina reduz o risco de infecções graves causadas pelo Streptococcus pneumoniae ("pneumococo"). Esta bactéria é causa comum de infecções respiratórias (otite, sinusite, pneumonia), e também pode ocasionar infecções generalizadas (meningite, sepse). É indicada para pessoas com determinadas doenças crônicas, com problemas respiratórios e para todos acima de 60 anos.

Influenza (vacina da Gripe)
A influenza, ou gripe, como é comumente chamada, está entre as viroses mais frequentes em todo o mundo e é prevenível por vacina. Costuma causar complicações principalmente em crianças pequenas, idosos, gestantes e pessoas com comprometimento da saúde (portadores de doença respiratória ou cardíaca, obesidade, diabetes, trissomias, deficiência da imunidade, entre outras). A prevenção evita que a pessoa adoeça e também que transmita o vírus influenza, e isso aumenta a proteção para todos. A complicação mais frequente e também a principal causa de morte em decorrência da gripe é a pneumonia, na maior parte das vezes causada pela bactéria pneumococo. A vacina contém proteínas de diferentes cepas do vírus influenza definidas ano a ano conforme orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Por se  tratar de um vírus que sofre mutações, todo ano a vacina é reformulada de maneira que a pessoa que foi vacinada há mais de um ano não está mais imunizada contra a gripe atual.
 
Febre Amarela
A febre amarela é uma doença infecciosa grave que pode causar insuficiência hepática e renal.
Em áreas urbanas, a febre amarela é transmitida principalmente pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo da dengue. Nas áreas silvestres, o vírus também é encontrado em macacos, seus hospedeiros intermediários - ao picar o animal, o mosquito é contaminado e passa a infectar humanos. A recomendação da OMS é de que uma dose integral da vacina é o suficiente para imunização por toda a vida.

Clique e faça o agendamento pelo WhatsApp.