top of page

Medicina preventiva: em busca da saúde


A realização periódica de um check-up permite a dentificação de riscos futuros e menos chance de complicações em caso de diagnóstico de doenças

A expectativa de vida do brasileiro é hoje de 77 anos de idade. De acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), se mantivermos o crescimento dos últimos anos, até 2050 estaremos vivendo, em média, mais de 80 anos. Atualmente, o país com a maior expectativa de vida, o Japão, já ultrapassa esta marca.

Os avanços da medicina e a melhora da qualidade de vida são os principais fatores para estes avanços. Prova disso está no fato das mulheres, no mundo inteiro, viverem, em média, sete anos a mais que os homens.


De acordo com a Organização Mundial da Saúde, além de questões genéticas, os homens tendem a manter práticas que diminuem sua vida útil, como fumar mais e procurar atendimento médico com menos frequência.


Segundo o Dr. Daniel Lerario, clínico geral e endocrinologista, mestre e doutor pela Escola Paulista de Medicina, a realização rotineira de um check-up de saúde é um importante passo para prevenir doenças, viver mais e melhor.


"Um check-up é composto de exames clínicos e laboratoriais em diversos órgãos. Os exames serão indicados de acordo com o paciente, seu histórico familiar, condições clínicas, queixas e exames realizados anteriormente. Entre as doenças mais importantes que um check-up pode diagnosticar precocemente e até mesmo prevenir, estão doença coronariana, acidente vascular cerebral (AVC), diversos tipos de câncer e diabetes".


Quem procura, acha?


Ter a oportunidade de identificar um problema de saúde antes mesmo de surgirem os primeiros sintomas é um privilégio. A grande maioria das doenças, em suas fases iniciais, são muito mais simples e fáceis de tratar.


"Cedo ou tarde, os problemas aparecerão, e conforme o estágio em que forem diagnosticados, nem sempre será possível chegar à cura ou garantir uma recuperação sem nenhuma sequela. Assim, quanto antes pudermos identificar qualquer que seja o problema, melhor”, explica o Dr. Daniel Lerario.


Como é o check-up?


Além do aspecto preventivo, o check-up permite ao médico identificar hábitos de vida que vem sendo prejudiciais à saúde do paciente e que podem ser melhorados, especialmente com relação à alimentação, prática de atividade física e até mesmo sono.

Quem deve realizar um check-up?

O check-up é indicado a todas as pessoas a partir dos 35 anos, ou conforme orientação médica. A periodicidade dos exames varia conforme a idade e o paciente, mas em geral acontece anualmente. Em caso de dúvidas, procure o seu médico de confiança.


Prevenção e diagnóstico precoce


Um check-up deve contemplar diagnóstico, promoção de saúde e bem-estar. Em geral, os exames devem avaliar buscar detectar precocemente e/ou prevenir questões como:

  • Diferentes tipos de câncer

  • Doença coronariana e outros problemas cardíacos

  • Diabetes

  • Obesidade

  • Problemas de pele

  • Problemas de tiroide

  • Distúrbios digestivos e nutricionais

  • Problemas emocionais (ansiedade, estresse, depressão)

  • Osteoporose

Commenti


bottom of page