top of page

Você sabe quantas calorias o seu organismo consome por dia?


Um exame simples e rápido avalia o metabolismo do seu organismo, representando importante ferramenta para o planejamento alimentar



A Calorimetria Indireta é um método não invasivo que tem como objetivo determinar com precisão a Taxa de Metabolismo Basal (TMB), que corresponde à quantidade mínima de calorias diárias que cada organismo consome para manter suas funções vitais em repouso, como respiração, batimentos cardíacos e digestão dos alimentos.


Definir a sua TMB pode ser uma ferramenta muito importante no planejamento alimentar, pois permitirá realizar o cálculo da quantidade total de energia que cada indivíduo deve consumir para manter, ganhar ou perder peso.


“O objetivo da calorimetria é conhecer o metabolismo basal e, com isso, ter informação mais precisa para propor um plano alimentar mais customizado e assertivo”, explica o Dr. Daniel Lerario, clínico geral e endocrinologista.


O que é a Calorimetria Indireta


O exame de Calorimetria Indireta é realizado na Clínica Daniel Lerario, em São Paulo, e é capaz de medir a TMB através da respiração, avaliando o consumo de oxigênio (V02), a produção de gás carbônico e o quociente respiratório, explica a nutricionista Erika Toassa.


“Outra forma de se calcular a TMB é através do uso de equações de predição, ou seja, fórmulas desenvolvidas com estudos de bases populacionais, que não necessariamente representam a nossa população, mas apenas estimam o gasto levando em consideração fatores como gênero, idade, peso e estatura. Assim, o uso da calorimetria indireta fornece um valor de TMB mais acurado.”


Neste exame, com duração de cerca de 15 minutos, é possível determinar a TMB com mais exatidão. Isso porque, ao longo do dia, nosso organismo utiliza o oxigênio presente no ar que respiramos para converter as calorias que ingerimos pelos alimentos em energia.


“Além de gênero, idade, peso e altura, há outras questões que podem influenciar no volume e capacidade pulmonar e, consequentemente, nos resultados do exame. São eles o tabagismo, a ingestão de bebidas alcoólicas, a prática de atividade física e o condicionamento cardiorrespiratório”, revela a nutricionista Claudia Mendonça.


Após a realização do exame, será possível definir, além da Taxa de Metabolismo Basal (TMB), também a característica do metabolismo, se é acelerado, normal ou lento.


“O metabolismo acelerado significa queima calórica superior à média de pessoas com perfil semelhante, enquanto o metabolismo lento representa queima calórica menor que a média para aquele perfil.”


Na Clínica Daniel Lerario, a Calorimetria Indireta é oferecida como parte integrante da primeira consulta nutricional, juntamente com o exame de bioimpedância, que avalia a composição corporal, com detalhamento de percentuais e peso de gordura, massa muscular, massa magra (músculos, ossos e órgãos), água no corpo e peso corporal ideal para cada composição corporal.


O exame também pode ser realizado separadamente, sempre seguindo todos os protocolos sanitários, incluindo completa higienização da sala a cada paciente atendido, bem como utilização de kits individuais e descartáveis.


A matemática da balança


Para manter, ganhar ou perder peso, a primeira regra é uma simples conta matemática: se ingerirmos a mesma quantidade de calorias gasta ao longo do dia, manteremos o peso. Se gastamos mais do que consumimos, perdemos peso. Ao contrário, se consumirmos mais do que gastamos, ganhamos peso.


Assim, sabendo exatamente a TMB, podemos traçar a necessidade energética diária do nosso organismo, podendo também determinar, de modo individualizado, a necessidade de ingestão energética diária, conforme o objetivo de cada um.


Calculando o gasto energético total


A nutricionista Erika Toassa ressalta que a necessidade de energia diária (calorias/dia) é a soma da TMB com as calorias gastas com as atividades cotidianas, de atividades físicas e com a digestão dos alimentos, a termogênese.


“Esses valores são variáveis, mas de forma resumida, o gasto energético total é composto da seguinte forma: 70% TMB, aproximadamente 10% termogênese e 20% atividades físicas e deslocamento”.

Comments


bottom of page